Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
1 2 3 4
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.9/5 (5068 votos)




ONLINE
1









RITUAL DO AMACI E ABÓ INEDITO 'NOVO'

RITUAL DO AMACI E ABÓ INEDITO 'NOVO'

 

Ritual do Amaci e Abô

Todos os meses tem algo de especial nas obrigações de nosso Terreiro, importantes na prática de nossa religião, da nossa fé. Mas o AMACI/ABÔ, para mim é realmente muito importante por acreditar que tem tudo a ver com a Umbanda, desde o preparo, o uso das ervas, seus significados, a energia que emana por todos os lados, a tradição, o ritual, e por fim seus efeitos.

É tradição do Templo Espiritual de Umbanda Caboclo Pena Verde, o banho de AMACI/ABÔ que realizamos uma vez ao ano, no mês de junho, consiste basicamente na infusão das ervas, para a firmeza da Casa e a limpeza do Espírito.

A sensação que fica quando somos banhados com o som dos atabaques chamando por nosso Pai ou mãe de Cabeça, é de fortalecimento, é uma vibração mais intensa provocando uma sensação de proteção, segurança e conforto físico e mental.



São 28 ervas que banham a cabeça, este preparo, além das ervas e feito também com água do mar, cachoeira e de chuva, mel e pétalas de rosas brancas, ele é complementado com as 21 ervas que banham os pés, o ABÔ, ao qual acrescentamos para maior firmeza, um pouco de aguardente e champanhe, por se tratar de uma limpeza das bases.



Ao preparar a infusão, vou depositando na água já fervida cada erva, dizendo seu significado e pedindo aos Orixás, que use de seus princípios energéticos para trabalharem na limpeza, fortalecimento, revitalização do corpo e da mente, e na evolução espiritual de cada Filho ao lavar as extremidades, cabeças e seus pés.



Todos os Filhos que recebem e assimilam a energia e a vibração de cada componente do AMACI e do ABÔ, que são partes da Mãe Natureza, penetrando em seu corpo e na sua alma, terá afastado as negatividades, abrindo seus caminhos, e alcançando um maior equilíbrio interno, tornando-se um canal mais limpo para a espiritualidade.



Este ano me foi pedido para divulgar o nome e o significado das ervas, por isso reservei o meu espaço para escrever um pouco mais sobre este ritual tão importante e significativo e transformador a serviço do desenvolvimento espiritual tanto individual como coletivo além do crescimento e fortalecimento de energia de nosso Templo. São eles:



AMACI:

Banho da Cabeça

Erva de Santa Maria - Atrai sentimentos de amor, amizade e limpa e torna mais harmonioso o ambiente;

Arruda – Cria defesas contra a inveja, quebra e cria barreiras contra demandas;

Guiné – Limpeza, descarrego das energias e influências ruins, serve na defesa (problemas mais difíceis), encaminha e abre espaços para bons negócios;

Alecrim - Estimulante espiritual, realça a auto estima e um astral positivo, propicia limpeza da energia envolvente;

Manjericão – Abranda o stress, calmante natural do corpo e da mente;

Louro - Aumentar a concentração a capacidade de raciocínio e de trabalho;

Hortelã – Faz fluir e desenrolar problemas leves, corriqueiros;

Espada de São Jorge – Limpeza e descarrego do canal de ligação com as Entidades (Masculinas);

Espada de Iansã – Limpeza e descarrego do canal de ligação com as Entidades (Femininas);

Levante – Encaminhar e abrir caminhos para grandes negócios com visão e maturidade;

Tapete de Oxalá – Limpa e abre caminhos, afasta negatividades e más influências externas e internas, vindas do íntimo, como ansiedades, amarguras, angústias, descrença, impaciência e intolerância;

Espinheira Santa – Combate o stress, acalma e harmoniza o intimo, equilibra, abranda, sentimentos de ciúmes, possessividade, avareza, inveja, rancores;

Folha da casca de Jurema – Limpeza e descarrego mais forte, mais pesado, para cargas e influências maiores de longo tempo, vindas de sentimentos de maldade;

Abritua – Estimula e aumenta a capacidade de concentração e atenção, desperta o comando do mente e do corpo, desperta a "Mãe" do corpo;

Cascara Sagrada (raiz) - Firmeza no caminho (Chão), segurança, confiança, iniciativa, tomada de decisões importantes, objetividade;

Alfazema – Combate do stress, limpa e calmante, traz serenidade equilíbrio de pensamentos, das reações e das atitudes;

Casca de Romã - Aumenta e reforça a defesa espiritual, traz equilíbrio, faz reassumir o controle do espírito sobre a mente e o emocional, ajustando os desequilíbrios;

Aniz Estrelado – Combate a insônia, relaxante, apaziguador e relaxante do Espírito;

Folha de Goiaba – Desenrola e encaminha solução para os problemas mais difíceis;

Folha de Pitanga - Desembaraça caminhos conturbados, definidor de caminhos atrapalhados, enrolados, limpeza do raciocínio e da visão;

Folha de Manga – Trata de problemas acumulados e difíceis, vários e diferentes problemas que ocorrem ao mesmo tempo, encaminha cada um deles;

Asa-peixe – Propicia a limpeza das impurezas do espírito e de influências espirituais;

Cavalinha – Estimula para uma sexualidade sadia e plena;

Cidreira – Combatente do estresse, a ansiedade, acalma os ânimos, descanso e alivio de corpo e mente;

Mel e cravo – Realça a sexualidade (atrativo);

Samambaia – Fortalece as defesas contra males e influências negativas;

Sene – Melhora a auto estima, aguça a vaidade moderada.

Sálvia – Estimula a capacidade mental e raciocínio;

ABÔ:

Banho dos pés.



O ritual do AMACI contempla também o banho dos pés, chamado de ABÔ, feito da mesma forma tendo como base principal as ervas abaixo descriminadas, porém de composição diferente do AMACI, destinado à firmeza da outra extremidade do corpo, fixando as vibrações e energias positivas da terra, com a finalidade de descarregá-lo e protegê-lo de ações impuras e negativas.

Valeriana – Refaz as defesas, combate o stress, calmante, relaxador;

7 Sangrias – Fortalece as defesas contra o mal olhado, inveja;

Urucum – Limpa e descarrega os canais de defesa, cria um escudo protetor;

Pimenta de macaco – Realça e estimula a sexualidade, desperta o atrativo;

Pata de vaca – Fortalece e equilibra o espírito;

Dandá – Combatente do desânimo, cansaço, renova as forças e o poder de reação;

Quina-quina – Equilibra as defesas, limpa e descarrega as energias ruins;

Urtiga – Propicia o equilíbrio das funções orgânicas e emocionais;

Barba de Velho – Lava as impurezas, favorece a limpeza íntima, da equilíbrio ao emocional, fortalece os bons sentimentos e o pensamento;

Alfavaca – Reforça as defesas e o combate contra a inveja, ciúmes, pensamentos contrários; 11- Cabeça-de- negro – Cria defesas no combate a doenças de fundo mental (mente fraca e vulnerável que se sugestiona por qualquer coisa), medos exagerados, síndromes de pânico e outras, descarrega mente e o pensamento dos efeitos destas influências;

Quebra-demanda – Combate e quebra quebrar demandas, feitiços, sentimentos de maldade, pensamentos negativos que buscam atingir e prejudicar;

Picão preto – Combate a indisposição física e emocional, o desânimo, realça e estimula a reação positiva e equilibrada do físico e da mente;

Picão branco – Combate e quebra a demanda e feitiço, devolvendo os mesmos para sua origem, para quem os mandou;

Pau-tenente - Controlador do equilíbrio físico, fortalece as defesas contra doenças físicas, orgânicas;

Parapiroba – Quebra, limpa os efeitos e bloqueia contra novas demandas;

Nó de cachorro - Estimula e aguça com naturalidade e controle a sexualidade, permitindo uma vida saudável e equilibrada;

Catuaba – Favorece a concentração, estimula revitaliza as funções orgânicas, capacidade mental e física;

Chapéu de Napoleão - Energético, renovador de forças, do animo, da reação, da iniciativa e competência no estimulo a buscar e conquistar objetivos de vida;

Unha de gato – Revigorador das fragilidades impostas por grandes e pesadas demandas, reforço mental e físico, reabilitando na reação e combate por suas próprias forças;

Comigo ninguém pode – Transformador da reação de combate, força, destemor, decisão positiva, visão clara e corajosa dos problemas que deve combater, persistência e perseverança;