Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
1 2 3 4
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 3.0/5 (1129 votos)




ONLINE
21









As favas oferecidas aos Orixás

As favas oferecidas aos Orixás

FAVAS

 

    A fava simboliza o sol mineral, o embrião. Evoca o enxofre aprisionado na matéria.

   

     As favas fazem parte dos frutos que compõem as oferendas rituais.  Elas representam os filhos-homens esperados; numerosas tradições confirmam e explicam essa aproximação.  Segundo Plínio, a fava era usada no culto dos mortos por acreditar-se que continha a alma dos mortos.  As favas, na qualidade de símbolos dos mortos e de sua prosperidade, pertencem ao grupo dos Deuses protetores.  No sacrifício que se costumava realizar na primavera, elas representavam a primeira dádiva vinda de baixo da terra, a primeria oferenda dos mortos aos vivos, o signo de sua fecundidade, ou seja de sua encarnação. E isso leva-nos a compreender as razões da proibição estabelecida por Orfeu e Pitágoras para os quais comer favas era o equivalente a comer a cabeça dos próprios pais, a partilhar do alimento dos mortos e, graças a isso, permanecer dentro do ciclo das reencarnações e sujeitar-se aos poderes da matéria.  No entanto fora do âmbito dessa teoria, as favas constituem, ao contrário, o elemento essencial da comunhão como os Deuses, no ápice dos rituais.

    Em resumo as favas são as primícias da terra, o símbolo de todas as benfeitorias proveniente dos Deuses que habitam debaixo da terra.

    O "campo de favas" - denominação que os egípcios usavam com sentido simbólico, era o lugar onde os defuntos aguardavam a reencarnação.  O que confirma a interpretação simbólica geral dessa leguminosa.

    Dentro do cultos dos Voduns/Orixas/inkices e outros, a fava representa e confirma a ancestralidade dos Deuses.

    Em nossos rituais, fazemos uso tanto da fava inteira como ralada, em forma de pó.  O pó, assim como a cinza é comparado ao sêmen, ao pólen das flores, à posteridade.

    Inversamente, por vezes é signo da morte.

    Fazer uso da fava e do pó da fava representa perpetuarmos nossa ancestralidade, as primícias da terra e dos Deuses.

Pesquisa e texto - Yatemi Jurema de Yansã (in memoriam) e 


   1   - FAVA DE ABRE-CAMINHO
   2   - BEJERECUM

   3   - FAVA DE EXÚ
   4   - GARRA DE EXU
   5   - FAVA DE OBALUAYE
   6   - DANDA DA COSTA
   7   - IKIN
   8   - FAVA DE OGUM
   9   - FAVA TONCA
   10 - FAVA DE JATOBA
   11 - OROBO
   12 - FAVA DE XANGO - ALIBÉ
   13 - PIXURIN
   14 - AMENDOIM
   15 - COCO DO DENDE
   16 - NOZ NOSCADA
   17 - ATARÉ
   18 -  FAVA DE IANSÃ
   19 -  ARIDAN
   20 - FAVA DE OXALÁ
   21 - FAVA ARIO
   22 - FAVA DE OXUM
   23 - FAVA DE AGUÉ
   24 - FAVA CUMARU
   25 - FAVA OFA
   26 - LELECUN
   27 - FAVA DE LOGUN
   28 - FAVA DE OBALUAYE
   29 - FAVA DE OSAIN
   30 - FAVA DE OXOSSI
   31 - FAVA DE KARITE