Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3
Imagem 4
1 2 3 4
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese

Rating: 2.9/5 (5151 votos)




ONLINE
5









Carta para a Nação Angola

Carta para a Nação Angola

INTRODUÇÃO

 

MUKUIU


    Nós da Nação Angola, temos como maior objetivo divulgar para todos o culto Afro Brasileiro.
    A nação de Angola é pouco conhecida porque a divulgação não é feita como com a Nação de Ketu ou Fon.


    Reservados em nossos fundamentos, passamos a frequentar somente ou a maioria das vezes barracões/terreiros da nossa Nação. Não querendo com isso menosprezar os outros.
    Representantes como Pai Tawá - Angola Bate-Folha, Pai Roxitalamin - Angola Tombensi, Mãe Namboazazi (in memória), Pai Famegui - Angola da Raiz de Tumba Jussara, são nossos professores.


    Para nós os Inkinces ou Encantados são chamados de forma diferente, tais como: Nkosi Mokumbi, Kabila, Kaitumbá e outros.


    Como na vinda dos escravos para o Brasil houve uma miscigenação de povos, vemos casas de Angola com vocábulos diferentes, pois os Bantos e Congoleses se misturaram formando uma só Angola.


    Para os angolanos os encantados tem o nome de Mukixes, já para o povo Banto e Congolense temos os Inkinces.

Nação Angola


    Pertenço e reverencio sua antigüidade e seus preceitos.


    Nação quase esquecida por não ser tão divulgada, mas que guarda magia e segredos.
    Saudamos os Mukixes como: Tata Unsumba Sinzamunzila (Exú) senhor da rua, mensageiro, agente do dinamismo, equilibrío cósmico e social.


    Saudamos os Inkinces como Nkosi Mucumbi, senhor do ferro, caça e guerra. O que abriu caminho para todos os outros na descida deles do céu. O que empresta a faca para o Tata Musati (Axogun).